quinta-feira, 15 de julho de 2004

Personagens: Marcelo, o noivo

Vou falar um pouco sobre as pessoas que sempre vão aparecer neste blog. O Marcelo, meu noivo, tem 37 anos, trabalha com comércio exterior também, é do signo de Gêmeos (eu sou taurina) e é o amor da minha vida...Tudo que eu falar dele é suspeito, porque além de ser o meu amorzinho, é uma pessoa que eu admiro muito. Transparente, educado, honesto, um cara amigo que se pode contar pra tudo. É bom filho, super amigo, divertido, só tem essa cara de durão, parece tímido, mas só quem o conhece é que sabe...Estamos juntos há dois anos, e, desde então sou uma pessoa muito feliz...Apesar de termos jeitos diferentes, nos completamos muito e nos damos muito bem...Somos como alma gêmeas mesmo, nunca tive um relacionamento tão completo como esse...é muito bom contar com alguém que é teu amigo, noivo, namorado, companheiro...Nos divertimos muito, mesmo sem fazer nada...Ele é o amor da minha vida mesmo. Não é à toa que vou casar com ele... Amor, te amo muito!!!

A próxima personagem será minha mãe...

Bjs,

Segue aí um texto do Dráuzio Varella que traduz perfeitamente o nosso relacionamento...Aproveitem!

"Uma relação tem que servir para tornar a vida a dois mais fácil".

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.
Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.
Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir e quase sempre estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.
Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas sua inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois de divertirem, demais, mesmo em casa, principalmente em casa.
Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem o corpo um do outro quando o cobertor cair.
Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

Drauzio Varella

Comentários:
 
Mais um texto lindo !!!

Vc está de Parabéns !!
Ah, quero saber quando eu (sua irmã) e o meu marido Ricardo (que eu AMO MUITO) vamos aparecer !!!

Beijinhos





enviado por: Ana Cristina

Nenhum comentário: