quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

Logo mais os "30"

Tenho que dar o crédito deste post a um blog que descobri há pouco tempo e achei muito interessante e feminino, a cara da mulherada em geral www.setexsete.blig.ig.com.br. Vale a pena ver! Continuando os devaneios de lá, segue a minha percepção sobre o passar do tempo...
...E você até acha graça das noites perdidas que passou chorando por amores perdidos...Sem imaginar que um dia seria tão feliz e realizada com o seu verdadeiro amor... ...
E você se arrepende de ter brigado tanto com seu pai, por causa do seu gênio e de suas manias...Sem saber que a vida o tiraria do mundo tão cedo e que você não teria tempo de ver seu pai virar avô para seus filhos...
...E você não precisa mais reclamar de ter que dividir o quarto com "trocentas" irmãs...Sem saber que no futuro, você sentiria falta de ficar fofocando com elas até de madrugada no escuro ou então de assistar a 58a. vez o filme Dirty Dancing...
...E você fica lembrando do quanto reclamava da sua mãe ser superprotetora...Sem saber, que no futuro você sentiria falta do colo e da opinião dela, que mesmo presente, não é mais o mesmo quando você dirige a própria vida...
...E você lembra de amigos, avôs, tios, irmãos; uns que partiram, uns que quebraram os elos, uns que você não sabe o paradeiro...Sem perceber que quem a gente gosta sempre faz falta, independente das circunstâncias...
E você começa a entender o verdadeiro significado da vida, a importância do amor e das pessoas, se torna mais gente e mais sensível, começa a desabrochar uma imensa vontade de criar um ser dentro de si para se perpetuar no mundo...Enfim, a se tornar adulto...

Nenhum comentário: