sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Teoria da felicidade

Tem gente que precisa de muito dinheiro pra ser feliz, outros muito poder e sucesso. Carro importado, roupas de grife. A minha teoria da felicidade é tão diferente. Sou tão feliz no meu ap, com meu marido e minha cadela...Não nadamos na grana, mas o amor é grande...Não quero ser hipócrita, dinheiro é bom e paga momentos de felicidade..Mas não é disso que estou falando... Pequenas coisas me deixam felizes...O sorriso de uma pessoa que amo, uma estripulia da Nala, uma palavra do maridão...Ontem fiquei feliz em ver o Marcelo passeando na rua com a Nala..Achei tão fofo, um homem que antes era tão retraído e solitário, ser transformado pelo poder do amor e das pequenas felicidades...Porque se formos aguardar uma grande circunstância para acharmos que estamos "felizes" estamos fritos...Sou feliz com as pequenas coisas: com um bom livro que me faz pensar, com uma noite de amor que me faz flutuar, com um olhar de idolatria da minha cadelinha, com um olhar de orgulho da minha mãe..Fico feliz quando percebo que um colega virou amigo...Fico feliz quando vejo minha irmã transbordar de felicidade com a vida dela...Fico feliz em ver minhas sobrinhas, uma descobrindo o mundo e outra que ainda está descobrindo os dedos da mão, os cheiros e os gostos... Fico feliz com lembranças antigas que chegam sem avisar e que enchem o coração da alegria revivida. Fico feliz em ajudar quem realmente precisa. Fico feliz em ter um lar e um emprego pra reclamar...Posso parecer pouco ambiciosa e sou mesmo..Nunca quis uma Mercedez, nem chofer...Nunca quis uma casa cinematográfica com piscina (talvez um prédio com piscina, hehehe). Tenho hoje muito mais que imaginei ter um dia, e posso, se Deus assim permitir, ter mais ainda. Mas não quero ser chefe, patroa, diretora, gerente...Quero ser eu, mais que um título, ser útil no meu emprego, ser um ser humano no meio da selvageira dos escritórios. Mais que tudo, também quero ser mãe e esposa e ter tempo para isso...Quero sofrer um pouco também pra valorizar as bençãos...Quero gozar a vida e gozar na vida, sem pudores...

Nenhum comentário: