sábado, 30 de dezembro de 2006






A vida não se esgota. Ela se renova. O fim de um caminho é o começo de outro e assim os ciclos vão se sucedendo desde sempre. Não vamos temer a mudança. A evolução é inevitável e no crescimento próprio e do Universo estão as chaves para alcançar muitos sonhos mais, únicos e inesgotáveis, para toda a humanidade.

Nenhum comentário: