domingo, 22 de abril de 2007

Amigos, trabalho, é possivel?

Esta semana fiz uma descoberta importante na terapia. Não vou pro divã, mas a Alessandra, além de terapeuta corporal é psicóloga, portanto, sempre conversamos antes das sessões e sempre pinta uns insights legais.
Ela me perguntou por que algumas pessoas me incomodavam tanto no trabalho. E eu não soube responder. Ela pediu pra eu pensar...Eu pensei, pensei..Fiquei até meio quieta esta semana, só matutando....e acabei descobrindo. Algumas pessoas me incomodam porque eu não aceito que elas não me aceitem. Meio doido, né? Mas é verdade. Eu não aceito não ser aceita. Não entendo como algumas pessoas, estas que estão me fazendo sofrer, não gostam de mim.
Ela me disse que se alguém não gosta de mim, o problema é da pessoa, não meu.
Mas a minha necessidade de agradar, me faz sofrer. No meu último emprego, eu era querida pela chefia...Hoje, eu sou só mais uma, nada de especial, uma boa funcionária, sim. Mas uma qualquer....Mas e daí? Será que eu realmente preciso disso? Sou reconhecida como boa profissional e pronto, sem ser "especial", "querida", blábláblá.
Ela me disse que o trabalho não é lugar de fazer amigos. Se fizer, melhor, mas não é necessário que seus colegas sejam seus amigos. OK. Mas, para mim, que sou toda coração, é difícil pensar assim.
Sempre tive problemas, lógico, mas nunca senti nada tão pessoal. Antes o problema era com o setor, com uma situação específica dentro da empresa, diferença de pensamento e ações. Mas nunca contra a Denise, a pessoa. Acho que está aí a diferença...
Bom, depois de tudo isso, acho que vai ficar mais fácil lidar com a situação. Descobrir o motivo do sofrimento é o melhor remédio para parar de sofrer.
Ela me disse também que ninguém é vítima no universo. E que eu preciso descobrir o que a vida quer me ensinar com essa situação. E acho que aprendi a lição:
EU NÃO PRECISO AGRADAR A TODOS PRA SER FELIZ. TENHO QUE AGRADAR A DEUS E A MIM MESMA E PONTO FINAL.QUEM GOSTOU, GOSTOU, QUEM NÃO GOSTOU....SINTO MUITO.
No meio de tudo isso, ontem, fui reencontrar minhas ex-colegas de trabalho, que viraram amigas. É sempre gostoso reunir esta mulherada. A nossa amizade já dura mais de sete anos! E mesmo que todas tenham seguido um caminho diferente, a amizade permanece. E temos muitas novidades! A Vanessa está linda, com uma barriguinha de três meses...A Marcia tá magrinha, de casamento marcado! A Tania levou a Iasmim, que está agora com seis anos. Conheço esta criança desde a barriga...A Roberta nos deu o bolo, todas as outras estão bem. Isso é o que conta, não é mesmo? No placar das minhas amizades no trabalho, a aprovação ganha de 10 a zero!
Mais uma despedida: a madrinha vai voltar para os Estados Unidos, e ficar mais dois longos anos. Vai fazer falta na nossa vida! Ontem saímos em família para fazer o bota fora. Sempre é bom estar no ninho....
Acho que é isso.
Bjs e até mais

Nenhum comentário: