quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Pára o mundo que eu quero descer...

Minha vida vai bem, obrigada. Se meu umbigo fosse o centro do mundo, estaria tudo bem...Tudo dando certo pra mim, apesar dos problemas cotidianos e banais....Mas quando olho pro lado....Pára tudo!
Estou cansada de ver o noticiário todos os dias e encontrar as mesmas notícias: violência, corrupção, desemprego, tráfico, contrabando...Estatísticas mostrando o quanto o pobre é pobre. Gente que vive com R$400,00...Miséria, fome....Quando não é isso, é avião que cai, terremoto, furacão e todo o tipo de mazela...Só coisa ruim....
A mídia não ajuda: ficam 20 dias falando exaustivamente de um determinado assunto, massacrando nossa cabeça e, depois, por qualquer outra notícia ou "defunto mais fresco" tudo é esquecido pra dar atenção total à bola da vez...E o ciclo vai se repetindo numa roda viva insuportável...
Cansei de ouvir falar do Lula e do seu bando. Cansei de ouvir falar nas obras do aeroporto e da procura pelos culpados. Cansei do mensalão. Cansei da democracia burra deste país. Cansei do Bush posando de bom moço. Cansei da crise econômica... Cansei do movimento "Cansei". Cansei de gente falando mal do movimento Cansei...Acho que cansei deste mundo e por isso quero descer.....Alguém me dá uma carona pra lua?



quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Quem é vivo sempre aparece!

Depois do aparente sumiço estou de volta! De volta para dizer que tenho férias marcadas!!
Dia 02 de dezembro embarcamos no navio Zenith rumo à Buzios, Angra dos Reis e Cabo Frio. Vamos comemorar os 03 anos de casados em alto mar..Tão romântico....Só espero não vomitar muito...kkkk. Não sou muito de navio, mas entre um navio balançando e ficar plantada no aeroporto perdendo preciosos dias de férias, escolhi o navio...Tudo bem que bati o pé e peguei uma cabine bem lá em cima e com janela...Sou meio claustrofóbica, sabe?. Saiu caro (o Marcelo quase me matou), mas pelo menos se entrar água, eu não vou ser a primeira a me afogar.... (credo, tô brincando).
Quer dar uma voltinha virtual? Aqui.

No mais, nenhuma grande novidade. Trabalhando bastante, mas tudo em paz, graças a Deus!
Bjs e até!
Glitter Maker

domingo, 12 de agosto de 2007

O Segredo
Lista de Agradecimento
Estou lendo o livro o Segredo. Não sou muito de auto-ajuda, mas alguns livros me chamam a atenção. Sempre acreditei na lei da atração, que é o principal assunto deste livro. A força do pensamento positivo, a palavra que tem poder e etc. etc. Mas a parte que mais me marcou até agora foi a chamada: "O poderoso processo da gratidão". Segue um trecho: "É impossível acrescentar algo mais a sua vida se você não se sente grato pelo que tem. Por quê? Porque os pensamentos e sentimentos que você emite quando não é grato são emoções negativas. Sejam eles inveja, ressentimento, insatisfação ou a sensação de "não é o bastante", esses sentimentos não podem dar a você o que você quer. Só podem devolver mais do que você não quer. Essas emoções negativas impedem que o bom chegue a você. Se você quer um carro novo mas não está grato pelo carro que tem, essa é a frequência dominante que você transmite. Agradeça pelo que tem agora. Quando começar a pensar em todas as coisas da sua vida pelas quais é grato, ficará impressionado com os pensamentos intermináveis que terá de mais coisas pelas quais ser grato..."
Eu pensei...E não consegui por fim a tudo a que sou grata; coisas que a gente não se dá conta na correria da vida. Aqui vai a minha lista (resumida) de gratidão...Pense e faça a sua também
Sou grata por estar viva, acreditar em Deus e ter fé
Sou grata por ter uma família digna
Sou grata por ter conhecido o meu marido e ter a possibilidade de construir uma nova família com ele
Sou grata pela família dele ser boa e digna
Sou grata por ter amigos de quem eu gosto de verdade
Sou grata por gozar dos cinco sentidos, poder ouvir música, ler meus livros, sentir o sabor do chocolate, a maciez do algodão, o cheiro do mar....
Sou grata por ter um corpo perfeito, por poder nadar, correr, andar
Sou grata por ter minha casa, carro, emprego
Sou grata por ter estudado e aprendido outras línguas
Sou grata por ter minha cachorra
Sou grata pela oportunidade de fazer terapia corporal com a Alessandra e me descobrir aos poucos
Sou grata pela minha saúde e a de minha família
Sou grata por poder satisfazer meus pequenos luxos
Sou grata pela minha cama sempre quente e aconchegante
Sou grata por nada me faltar...
Obrigada!
Boa semana, gente!
P.S Amanhã vou tirar os pontos. Aí, que alívio!

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Eu sou luz
Eu sou Luz, a Luz divina está em meu interior.
Todos os dias eu sou guiada pela minha Luz interior.
Irradio amor e harmonia a todas os seres neste dia.
Meus sinceros e nobres anseios são alcançados,
A saúde, a felicidade e a prosperidade São minha herança hoje e todos os dias.
Irradio sempre o melhor dos meus pensamentos,
Elimino de minha consciência todos os pensamentos negativos.
A paz, a harmonia e o amor são meus para sempre.
Deus de meu coração, que eu possa sempre ser grata por tuas inúmeras bênçãos,
Por tua luz, vida e amor que tenho recebido.
Que meus esforços místicos sejam sempre inspirados,
E que eu possa estar sempre consciente da Tua Presença e Orientação Divina,
Neste dia e em toda a minha vida.
Amém.

domingo, 5 de agosto de 2007


Tanta coisa aconteceu nestes últimos dias....

Vou começar pela mais recente e a mais linda. No sábado fui assistir a primeira ultrassom do bebê da Juliana. Achei que não ia ver nada além de um borrão e escutar uns barulhos esquisitos. Afinal, ela está entrando na 13 semana...Mas eu ví um milagre de Deus, um ser de cinco centímetros com todas as formas já definidas: cabecinha, bracinhos, perninhas, olhinhos...O coração acelerado, batendo forte, dizendo lá de dentro: "Ói eu aqui, galera, tô me preparando pra entrar nessa família doida....". Vida, milagre, um mar de fluídos, pulsação... Não sei explicar o que ví além do monitor e senti. Coisas de Deus, uma certeza de que tudo vai dar certo.... Consegui imaginar o calor do ventre e ele tão aquecidinho, confortável e protegido lá dentro... Tão pequeno e tão forte, tão especial e tão alegre. O bebê deu um show, virou cambalhota, virou de bumbum pra deixar bem claro: Eu estou aqui, sou alegre e forte, um verdadeiro milagre. Amei conhecer o meu afilhado. E pretendo participar de todos os encontros até o dia em que ele decidir vir ao mundo...Se é menina ou menino? A médica apostou 60% de chance de ser menina....Será a Ana Beatriz?

Não tenho mais 32 dentes....

Na quinta-feira fiz uma cirurgia para extrair dois dentes do siso. Um saiu em cinco minutos, o outro que estava "incluso" demorou uma hora e quinze para sair, mais ou menos. Pior que um parto e o dentista, ao final, parecia um açougueiro....Estou com a boca costurada e comendo só alimentos líquidos gelados e pastosos "mornos" desde então. Estou sonhando com um bife e com um pão bem crocante, daqueles que machucam o céu da boca, sabe? Mas, os pontos só vão ser retirados dia 13 e tudo ainda está meio dolorido, então tenho que maneirar. O bom é que perdi acho que meio quilo...(tanto sacrifício por tão pouco....). Ainda resta mais um dente para eu deixar de ter juízo de vez!

O bem vence o mal, espanta o temporal...

Eu sempre fui um pouco covarde pra me defender de golpes baixos das pessoas que me maltratavam. Mesmo não tendo culpa, mesmo não tendo motivo para tal, sempre abaixava a cabeça para os "ditos" superiores, reclamava à beça para quem não podia resolver, mas ficava quieta. Pelo jeito que fui criada, por "educação", sempre fugi dos confrontos. Quanda a primeira menina quis me bater no colégio porque eu disse que o namoradinho dela era bonito, chamei minha mãe. Na maioria das vezes corri, eu admito. Ganhei algumas batalhas, sim, mas me omiti em muitas. Quantas eu engoli em seco! E quanto mais importante o motivo, quanto mais me doía, mais eu me retraía. Desta vez, com 29 anos nas costas, dei um basta. Não fiz escândalo, não dei nem um soquinho (que pena!), mas, simplesmente, me movimentei em defesa de mim mesma. Estou me sentindo mais forte do que nunca por ter encarado o problema de frente, sem correr para a barra da saia de ninguém. Disse tudo o que eu queria, da maneira mais educada, forte e calma possível. Com integridade. Claramente, mostrei a minha opinião e disse o que eu não toleraria mais. Foi preciso vencer a mim mesmo, o meu medo, antes de tomar uma atitude. Nessa bobagem, porque o episódio em si foi uma bobagem, uma página da minha vida virou e me sinto mais preparada para outros trancos....Porque tenho consciência de que pode haver uma rebatida, já que não me calei e deixei clara a minha posição. Mas fazia tempo que não dormia tão em paz por ter feito o que meu coração e minha consciência mandaram. E por ter me defendido sozinha, sem correr para a barra da saia da mamãe ou o colo do marido....

"O homem que age não sofre" (Eliot, Thomas)....
e mais....
...."Coragem: admitir que se é um covarde" (Bierce, Ambrose)

Bjs e até!