terça-feira, 15 de julho de 2008

Meu pequeno grande amor que é você Gabriel*

Se logo que você nasceu, meu coração já era seu, imagina agora depois de seis meses de convivência...
Você é meu anjo, meu querido, meu coração puro, meu minuto de paz, o sorriso mais sincero neste mundo atribulado.
Como Deus foi bom para mim ao me dar o afilhado mais bonito que alguém poderia ter.
Ter uma criança para conviver e amar é o maior presente da vida. Pode ser filho, irmão, sobrinho... Amar uma criança é maravilhoso!
Parabéns, meu querido, pelos seis meses!
Agora, me digam: quem resiste a este sorriso?
O futuro para mim está claro: ele pede, eu obedeço!

Bjs e até!

* Trecho da música de Beto Guedes, chamada, claro, Gabriel

Nenhum comentário: