domingo, 8 de agosto de 2010

Viciada

Eu devia ter uns 7 ou 8 anos. Estava em Ilha Bela. Não me lembro se o vício já era antigo, ou se manifestou naquele fim de semana.
Havia uma garrafa de vidro, com a tampinha vermelha, em cima da cômoda.
E eu ia lá, de cinco em cinco minutos, tomar uma tampinha.
Olhava para minha madrinha dormindo, e tomava um copinho.

Depois outro e mais outro e mais outro.
Até que ela me pegou no flagra.
E guardou a minha birita.

Outro dia tomei uma dose, legalmente. Mas ele não tem a mesma cor e o mesmo sabor. A garrafa agora é de plástico. Xarope Vick não dá mais barato.

Nenhum comentário: