terça-feira, 16 de novembro de 2010

Mais uma afilhada!


Há um tempo atrás, escrevi aqui que havia apadrinhado uma criança no fundo cristão. A primeira menina que eu escolhi se afastou do projeto e demorou mais um pouquinho para eles me indicarem outra criança. Enfim, ganhei uma nova afilhada.
As correspondências começaram. Eu fiquei tão feliz em receber a carta dela e saber que de uma forma bem pequena, eu fazia parte do seu mundo e a ajudava. Pode parecer egoísta, mas está fazendo mais bem a mim do que a ela.
Eu sempre ajudei, mas de forma genérica. Ninguém especificamente. Ter a possibilidade de ter uma comunicação com ela e saber do seu desenvolvimento é muito bacana. Eu não ajudo somente uma instituição. Eu apadrinho uma menina de doze anos chamada Taís, que mora no interior do Ceará, e que gosta de matemática e inglês. Eu ajudo uma pessoa de carne e osso e sentimentos, mesmo que de longe. Eu apadrinho uma criança e não uma casa, um CNPJ. Isto pode parecer bobagem, mas faz uma enorme diferença.
Espero de coração que eu possa dar um pouco do meu amor a essa menina que mora tão longe, que tem tantos sonhos. Que de uma pequena forma, eu possa ajudá-la a ser uma boa pessoa. A ter uma vida melhor.
Não podemos esperar muito do governo, então bora cada um fazer a sua parte. Eu estou tentando fazer a minha, a minha minúscula parte. É um grão de areia, é o que posso agora, mas é melhor que nada.



2 comentários:

Marili Alves disse...

Parabéns lindona...é lindo seu blog.
beijocas

Ana Cristina disse...

Oi Dê.... adorei !
Como eu posso fazer isso ?
Viu como eu olho seu blog ? rs
Beijos maninha