sábado, 29 de janeiro de 2011

Amor

No rastro do seu caminhar
No ar onde você passar
O seu perfume inebriante
Pendura num instante,
A rua inteira a levitar
Me abraça e me faz calor
Segredos de liquidificador
Um ser humano é o meu amor,
De músculos , de carne e osso,
Pele e cor.
(Carnalismo - Os Tribalistas)

Nenhum comentário: