quarta-feira, 9 de março de 2011

Eu amo o meu nariz


Apesar de ele ser grande e meio torto, aprendi a respeitá-lo.
Mais do que isso, aprendi a amá-lo.
Não só ele, mas aprendi a amar tantas outras coisas que eram complexos: altura, dentes, bunda.
Porque eu sou feita de amor e o amor é lindo. 

Nenhum comentário: